O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Pastoral da Mulher BH no Conselho Municipal de Assistência Social

Lucinete Santos representará a Pastoral da Mulher de BH no COMAS.

Mais uma etapa foi conquistada pela Pastoral da Mulher de Belo Horizonte, Unidade Oblata em Minas Gerais, para continuar sua missão de defender e garantir os direitos das mulheres em situação de prostituição. No último dia 14 de abril, a Pastoral foi eleita para integrar o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e será representada por Lucinete Santos.

O ato foi precedido por uma peça teatral da Companhia de Arte e Mobilização da Prefeitura de Belo Horizonte, sobre as políticas de assistência social e de uma palestra sobre “a importância da representação da sociedade civil no CMAS-BH”, proferida pela Psicóloga e Professora da PUC-MG Márcia Mansur Saadallah.

A votação aconteceu no IX Encontro do Fórum de Entidades Socioassistenciais de Belo Horizonte, como forma de fortalecer a articulação entre o Fórum de Entidades e o CMAS. Foram eleitas as representantes da sociedade civil que participarão do Conselho durante um mandato de dois anos. A Pastoral da Mulher, representada por sua Assistente Social, Viviane Fonseca, já foi integrante deste Conselho no mandato anterior (2013-1015).

Ao participar deste espaço, a Pastoral da Mulher de BH/Instituto das Irmãs Oblatas, podem contribuir mais diretamente com o objetivo do CMAS e, assim, cooperar com o controle social da política pública de Assistência Social e a sua construção no município do Belo Horizonte.

“Temos que agradecer demais a ex-conselheira representante da nossa entidade, Viviane Fonseca, pelo brilhante trabalho exercido nos últimos dois anos em prol dos usuários da assistência. Vamos, a partir de agora, dar continuidade ao trabalho sério e responsável que sempre caracterizou a participação da Pastoral nos Conselhos, fortalecendo a fiscalização, deliberação, regulação, acompanhamento e avaliação das atividades e serviços prestados pelas entidades de assistência da nossa cidade”, comenta José Manuel – Coordenador da Pastoral da Mulher de BH.

 O CMAS está  composto por 40 (quarenta) membros titulares, além dos respectivos suplentes, respeitada a composição paritária entre poder público e sociedade civil (20  representantes do Poder Executivo Municipal e 20  representantes da sociedade civil). Ele define as diretrizes e prioridades da Política Municipal de Assistência Social que garantem a proteção, promoção e inclusão social dos segmentos mais vulneráveis da população. Ele é também o órgão responsável pelo estabelecimento de normas e a fiscalização correspondente à prestação dos serviços sociais públicos e privados no Município.

 

Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


setembro 2018
 DSTQQSS
S      1
S2345678
S9101112131415
S16171819202122
S23242526272829
S30      









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069