O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Encontro de Mulheres em defesa de seus direitos

Criar vínculo entre elas foi um dos objetivos propostos.

 Dentro do Projeto “Diálogos pela Liberdade: Afirmação de cidadania” impulsionado pela Pastoral da Mulher de Belo Horizonte (Unidade Oblata em Minas Gerais), aconteceu último dia 29 de março, o 1º Encontro de Mulheres no Centro Loyola de Belo Horizonte. 

Esta é a primeira de uma série de ações que culminarão no mês de setembro com um Encontro Nacional de Mulheres que exercem a prostituição para debater sobre violações de direitos e estratégias de enfrentamento. 

Os objetivos propostos: criar vínculo entre elas, despertar para os principais problemas vivenciados na prostituição e pensar em respostas coletivas a essas situações foram satisfatoriamente alcançados. 

Com formações, dinâmicas, partilhas e confraternização, o encontro possibilitou um dia com o olhar totalmente voltado para suas esperanças e dificuldades. Foram abordados os principais desafios que enfrentam cotidianamente: o preconceito, desrespeito de alguns clientes e funcionários dos locais onde trabalham, a falta de segurança e a exploração econômica. A discussão trouxe à tona a importância da união entre as mulheres e necessidade de  denunciar e combater a discriminação que sofrem e  o estigma imposto e introjetado socialmente em cada uma delas.

Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


setembro 2018
 DSTQQSS
S      1
S2345678
S9101112131415
S16171819202122
S23242526272829
S30      









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069